O aumento das tensões sobre o comércio piorou as opiniões dos americanos sobre a China.

Uma nova pesquisa do Pew Research Center revela que 60 por cento dizem ter uma visão desfavorável da China – de 47 por cento no ano passado para a maior proporção desde que a Pew começou a fazer a pergunta há 14 anos.

Os resultados da pesquisa divulgados na terça-feira revelaram que 24% dos americanos consideram a China a principal ameaça da América para o futuro, a mesma porcentagem que a Rússia disse. A Coréia do Norte (12 por cento) foi o único outro país a ter uma preocupação de dois dígitos.

A administração Trump e Pequim estão em conflito há mais de um ano devido a alegações de que a China rouba segredos comerciais, pressiona empresas estrangeiras a entregar tecnologia e subsidia injustamente as empresas do país.

Ainda assim, a pesquisa revela que apenas 41% dos americanos acreditam que a economia crescente da China é uma coisa ruim para os Estados Unidos, em comparação com 50% que a consideraram positiva. Os entrevistados estavam muito mais preocupados com o crescente poder militar da China: 81% disseram que era ruim, 11% bom.

Metade disse que não tinha confiança no presidente Xi Jinping, o mesmo do ano passado. Além de estar trancado em uma guerra comercial com o presidente dos EUA, Donald Trump, Xi supervisionou a repressão à dissidência na China e uma política externa mais combativa no leste da Ásia.

مصدر: وكالة اسوشيتد برس

الإعلانات

اترك تعليق:

يستخدم هذا الموقع Akismet لتقليل المحتوى غير المرغوب فيه. تعرف على كيفية معالجة بيانات تعليقاتك.